sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Referencial Teórico

A gravidez na adolescência está se tornando cada vez mais comum, pois os jovens estão ingressando cada vez mais cedo, a sua vida sexual. Os maiores problemas que a gravidez na adolescência acarreta são problemas emocionais, sociais e principalmente familiares. Segundo Eliene Percília, o maior problema familiar é a falta de diálogo,

"É muito importante que haja diálogo entre os pais, os professores e os próprios adolescentes, como forma de esclarecimento e informação. Mas o que acontece é que muitos pais acham constrangedor ter um diálogo aberto com seus filhos, essa falta de diálogo gera jovens mal instruídos que iniciam a vida sexual sem o mínimo de conhecimento. Alguns especialistas afirmam que quando o jovem tem um bom diálogo com os pais, quando a escola promove explicações sobre como se prevenir, o tempo certo em que o corpo está pronto para ter relações e gerar um filho, há uma baixa probabilidade de gravidez precoce e um pequeno índice de doenças sexualmente transmissíveis. "

Segundo a autora Marta Edna Holanda Diógenes Yazlle, existem fatores que devem ser observados como possíveis predisponentes da gravidez na adolescencia que são: baixa auto-estima, dificuldade escolar, abuso de álcool e drogas, comunicação familiar escassa, conflitos familiares, pai ausente e ou rejeitador, violência física, psicológica e sexual, rejeição familiar pela atividade sexual e gravidez fora do casamento, separação dos pais, amigas grávidas na adolescência, problemas de saúde e mães que engravidaram na adolescência.

Segundo Maria Sylvia de Souza Vitalle e Olga Maria Silvério Amâncio, da UNIFESP, a maioria das adolescentes grávidas vem de situações familiares parecidas, onde, as mães das adolescentes também começaram a vida sexual cedo, e acabaram engravidando adolescentes. Além das adolescentes não terem condições financeiras para assumir os filhos, existe a repressão familiar que faz com que muitas fujam de casa e praticamente todas abandonam os estudos. Também quando ocorre a gravidez na adolescência, existem conseqüências tardias e a longo prazo, tanto para a adolescente quanto para o bebê. A adolescente poderá apresentar problemas: no desenvolvimento, emocionais, comportamentais, educacionais e de aprendizado, além de complicações da gravidez e problemas no parto.

Referências Bibliográficas
DIÓGENES YAZLLE, Marta Edna Holanda. Gravidez na Adolescência. In: Rev. Bras. Ginecol. Obstet. vol.28 no.8 Rio de Janeiro Aug. 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-72032006000800001&script=sci_arttext
Acesso em: 27/11/09.

PERCÍLIA, Eliane. A gravidez na adolescência. Brasil Escola. Disponível em: http://www.brasilescola.com/biologia/gravidez-adolescencia.htm
Acesso em: 27/11/09.

WIKIPEDIA. Gravidez na Adolescência. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Gravidez_na_adolesc%C3%AAncia
Acesso em: 27/11/09.

Um comentário: